OBJETIVO

OBJETIVO DO BLOG

PROPICIAR O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES VOLTADAS À LEITURA E ESCRITA VISANDO A MELHORIA DE NOSSA FORMAÇÃO, A FIM DE APRIMORAR A PRÁTICA PEDAGÓGICA COM A LEITURA E A ESCRITA JUNTO AOS ALUNOS, ENFATIZAR A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO COM AS HABILIDADES BÁSICAS DO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA: FALAR, OUVIR, LER E ESCREVER E AS RELACIONADAS AOS ASPECTOS LINGUÍSTICOS.



BUSCAR CONHECIMENTO ATRAVÉS DE PESQUISAS PERTINENTES AO ASSUNTO EM QUESTÃO, PARA QUE TENHA SUBSÍDIOS ARGUMENTATIVOS NA CONFECÇÃO DO TEXTO.



quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O PRAZER QUE LEVA À MORTE

  Artigo de Opinião           
A propaganda entra em nossos lares e interfere nas preferências de consumo, conduzindo o indivíduo volúvel à práticas, que, às vezes, levam à conseqüências indesejáveis.
            O adolescente e o jovem são o alvo da propaganda pela imaturidade, característica própria da idade e do sentimento de potencia, perante os atritos do cotidiano.
            Uma cena que mostra um jovem consumindo uma bebida alcoólica bem gelada, ao lado de belas mulheres, um carrão, uma mansão, produz a sensação de que se ele beber, vão aparecer todas essas vantagens na vida dele. ( E )
            Este quadro somado a alguma insatisfação pessoal, acrescido à carência e à insegurança formam o elo que conduz à embriaguez e todas as conseqüências que esta produz: euforia e desespero; sensação de poder e fracasso; amizades e separações, e o pior – alguma doença provocada pelo “ inocente” álcool que pode levar à morte. ( CC )
            Portanto, a propaganda de bebidas alcoólicas tem um poder fulminante na vida dos jovens: muda valores plantados ao longo do tempo pela família, destrói sonhos profissionais e afetivos, separa a vida em dois ciclos, o antes e o depois, sendo o depois, a tragédia não esperada. Sou totalmente contra propagandas que exaltam as bebidas alcoólicas. Se fosse possível anulá-las, preservaria muitas vidas.
                                                                                                                  Meire

2 comentários: